Programa para introdução do Judô nas escolas públicas do Brasil é lançado

          O Governo do Japão deu início a um projeto para introduzir o Judô nas disciplinas das escolas públicas brasileiras como iniciativa do programa "Sport For Tomorrow". O projeto consiste em receber, na Universidade de Tsukuba, no Japão, instrutores brasileiros de Judô por cerca de um mês, entre os dias 8 de setembro e 2 de outubro, realizando o treinamento "Discovery Camp: Programa de Amigos de Amanhã - Judô para escolas públicas".

          Esse programa se baseia no Memorando de Cooperação na área da Educação Física entre o Ministério da Educação, Cultura, Esporte, Ciências e Tecnologia do Japão e o Ministério do Esporte do Brasil, tendo em mente a sucessão dos Jogos Olímpicos "do Rio para Tóquio". O objetivo do programa é introduzir o esporte com a atenção voltada ao aspecto da educação humana do Judô, arte marcial que tem origem no Japão e é amplamente enraizada no Brasil.

          Nesta ocasião, como atividade inicial, em cooperação com o Ministério dos Negócios Estrangeiros do Japão, Agência do Esporte do Japão, Universidade de Tsukuba e Instituto Kodokan, foram convidados sete instrutores brasileiros de Judô, que realizarão um treinamento na área de Educação Física na Universidade de Tsukuba. O propósito desse treinamento é oferecer uma oportunidade para que os instrutores possam compreender o papel do Judô na educação pública do Japão e aprender sobre o ensino do Judô na infância. Além disso, espera-se que os convidados aprofundem sua compreensão a respeito do Judô japonês ao atenderem o curso do Instituto Kodokan sobre instrução de Judô para crianças, visitarem uma academia local para ver como funciona a instrução do Judô nas escolas, bem como assistirem à competição nacional de Judô no Japão.

          Preparando a viagem dos instrutores, no dia 1º de setembro, o chefe do Departamento Cultural da Embaixada do Japão no Brasil, o Secretário Hisayoshi Muto, realizou em São Paulo, uma reunião com os convidados, juntamente com o Secretário Nacional de Esporte de Alto Rendimento do Ministério do Esporte, Rogério Sampaio, com o vice-presidente da Confederação Brasileira de Judô, Alessandro Puglia, com o presidente do Instituto Kodokan do Brasil, Takanori Sekine, e com funcionários do Consulado-Geral do Japão em São Paulo, a fim de compartilhar o objetivo do programa e pensar em como avançá-lo daqui para frente.

※ Sport For Tomorrow
※ Brasil e Japão assinam Memorando de Cooperação na Área do Desporto