Em cerimônia de outorga de diplomas, Embaixador Kunio Umeda despede-se de missão no Brasil

          Na noite da última sexta-feira (23), o Embaixador do Japão no Brasil, Kunio Umeda, despediu-se dos dois anos e sete meses em que cumpriu sua missão no país durante uma cerimônia em sua residência, em Brasília. Na ocasião, o Embaixador recebeu cerca de 250 convidados e entregou o Diploma de Honra ao Mérito dos Negócios Estrangeiros do Japão ao mestre de Judô Takeshi Miura, e Diplomas de Honra ao Mérito do Embaixador do Japão no Brasil a duas entidades nipo-brasileiras e a 10 grupos de senhoras de associações nipo-brasileiras que contribuíram para a difusão da cultura e culinária japonesas no Brasil.

          Como parte do programa “Sport for Tomorrow”, do governo japonês, o Embaixador ainda entregou à Academia Miura e à Associação Cultural Nipo-Brasileira de Tocantins 45 quimonos, 45 calças e 150 faixas de judô doados pela empresa Mizuno, desejando que as vestes ajudem a formar grandes judocas brasileiros.

          Um dos homenageados da noite, Mestre Miura falou aos presentes sobre sua trajetória vitoriosa no judô, que o trouxe a Brasília na década de 1960. Por coincidência, a data da fundação da Academia Miura foi 23 de setembro de 1966, ou seja, há exatos 50 anos da noite desta comemoração. Ao agradecer o reconhecimento prestado pelo Embaixador, o mestre afirmou que mais de 10 mil alunos passaram pela academia, e que “o judô é um esporte que, somado à educação, torna-se uma grande força que contribuirá para transformar o Brasil em uma grande potência mundial”.

          Além da outorga do Diploma de Honra ao Mérito dos Negócios Estrangeiros do Japão ao mestre Miura, 12 entidades e associações receberam Diplomas de Honra ao Mérito do Embaixador do Japão no Brasil. São elas o Clube Cultural e Recreativo Nipo-Brasileiro de Brasília; a Associação Rural Cultural e Recreativa de Brasília; a Associação Cultural Nipo-Brasileira de Anápolis; a Associação Rural e Cultural Alexandre de Gusmão; a Associação Nipo-Brasileira de Goiás; a Associação Cultural e Esportiva Nipo-Brasileira de Vargem Bonita; a Associação Cultural Esportiva Nipo-Brasileira de Paracatu; a Sociedade Cultural Nipo-Brasileira de Brasília; o Clube Cultural e Recreativo Nipo-Brasileiro de Brasília; a Associação Rural Cultural e Recreativa de Brasília; a Associação Cultural Esportiva e Recreativa Nipo-Brasileira do Distrito Federal; e a Associação Cultural Nipo-Brasileira do Tocantins.

          Em nome das entidades homenageadas, a presidente da Associação Nipo-Brasileira de Goiás, Mirian Naomi Watanabe, afirmou que o trabalho voluntário das associações visa manter os costumes e as tradições nipônicas, com o objetivo de passar às novas gerações conhecimentos sobre a cultura e a culinária japonesas. Além de agradecer a homenagem recebida, as associações lembraram com gratidão a atuação do Embaixador Umeda no Brasil, devido às constantes visitas e aos intensos reconhecimentos ao trabalho das entidades nipo-brasileiras.

          A noite foi encerrada com um emocionante discurso do Embaixador sobre sua missão no Brasil. O Embaixador recordou-se dos históricos acontecimentos dos quais participou, como a Copa do Mundo, a visita do Primeiro-Ministro Shinzo Abe e da Primeira-Dama ao Brasil, os mais de 500 eventos dos 120 anos do estabelecimento das relações diplomáticas entre o Japão e Brasil — entre eles, a visita de Suas Altezas Imperiais, o Príncipe Akishino e a Princesa — e as Olimpíadas e Paralimpíadas.

          O Embaixador encerrou suas palavras com um balanço de sua estada, desejando que o relacionamento entre o Japão e Brasil, países unidos por “laços humanos especiais”, possa doravante avançar cada vez mais: “Durante minha missão aqui no Brasil, determinei o fortalecimento da colaboração com a comunidade nipo-brasileira como uma das prioridades como Embaixador. Ao longo de 2 anos e 7 meses, viajei 76 vezes Brasil afora, e das 27 unidades federativas, visitei 18, incluso o Distrito Federal, e fui recebido calorosamente em todas lugares. O que eu pude entender muito bem através dessas viagens, além do fato de o Brasil ser uma potência, é o fato da comunidade nipo-brasileira estar contribuindo de sobremaneira, não somente para o desenvolvimento de todo o país, mas também para a criação de um sentimento de simpatia pelo Japão em todo o Brasil, através da difusão da cultura japonesa”.

>> Confira a íntegra do discurso de despedida do Embaixador Kunio Umeda
>> Confira o discurso do Embaixador na outorga dos diplomas de Honra ao Mérito
 

Veja algumas fotos do evento